Afonso Zeca — O Pastor De Bensafrim lyrics

У ventos do monte
У brisas do mar
A histуria que vou contar
Dum pastor Florival
Meu irmгo de Bensafrim
Natural rezava assim
Passava ele os dias
No seu labutar
E os anos do seu folgar
Serras vai serras vem
Seu cantar nгo tinha fim
O pastor cantava assim
У montes erguidos
У prados do mar em flor
У bosques antigos
Trajados de negra cor
Voa andorinha
Voa minha irmг
Nгo te vбs embora
Vem volta amanhг
Dizei amigos
Dizei sу a mim
Todos sу de um lado
Quem vos fez assim
Dizei-me mil prados
Campinas dizei
A histуria que nгo contei
Serras vai serras vem
O seu mal nгo tinha fim
O pastor cantava assim
У montes erguidos
У prados do mar em flor
У bosques antigos
Trajados de negra cor
Voa andorinha
Voa minha irmг
Nгo te vбs embora
Vem volta amanhг
Dizei amigos
Dizei sу a mim
Todos sу dum lado
Quem vos fez assim
Seu bem que ele vira
Num rio a banhar
Ao vк-lo vir espreitar
Nunca mais apareceu
Ao pastor de Bensafrim
Sua dor chorava assim
У montes erguidos
У prados do mar em flor
У bosques antigos
Trajados de negra cor
Voa andorinha
Nгo te vбs embora
Vem volta amanhг
Dizei amigos
Dizei sу a mim
Todos sу dum lado
Quem vos fez assim
[ Lyrics from: http://www.lyricsty.com/afonso-zeca-o-pastor-de-bensafrim-lyrics.html ]