Da Weasel — Loja (Canção Do Carocho) lyrics

Chibos interesseiros. Intrujas manhosos.
Bacanos desorientados espera d algo, sem saber o que ao
Certo,
Mas a com a certeza de que o saberao quando a cena finalmente
Surgir.
Miudas que quase que fazem uma mamada em troca de um algodao.
Quase que fazem, o caralho, fazem mesmo.
Caras e corpos de 40 anos que na verdade viveram apenas metade desse tempo.
Barracas impregnadas com aquele ar nauseabundo.
Muletas ligaduras hematomas sangue coagulado.
O cheiro, nao se consegue afastar o cheiro.
Surgem vozes de todo o lado:
-Boa branca, boa castanha, Serenal, Paxilfar,
Prata, bombas, amoniaco, sai do meio da rua e encosta parede!,
Filha da puta do carocho s faz merda!!!
Vai fechar a loja mas o puto nao comprou nada,
Nao comprou nada,
Nao comprou
Sao duas da manha mas a loja ta aberta, como sempre.
Seja natal ou fim-do-ano, o negcio nao pode parar,
Nao consegue parar, e por isso, logicamente nao vai parar.
(Disponivel num centro perto de si)
Dinheiro puxa dinheiro como vicio puxa vicio
Enquanto houver gente a comprar, vai haver gente a vender,
Enquanto houver gente a vender, vai haver gente a comprar
O bicho ja apanhou mais de metade dos consumidores,
Mas sabes bem que a fruta dos contentores da moca e tira as dores
Faz voar sem sair do chao e afinal de contas quem que nao
Gosta da sensacao da
-Boa branca, boa castanha, Serenal, Paxilfar,
Prata, bombas, amoniaco, ja te disse para saires do meio da
Rua e encostares parede!,
Filha da puta do carocho s faz merda!!!
Vai fechar a loja mas o puto nao comprou nada,
Nao comprou nada,
Nao comprou
[ Lyrics from: http://www.lyricsty.com/da-weasel-loja-cano-do-carocho-lyrics.html ]