Engenheiros Do Hawaii — Descendo A Serra lyrics

Descendo a serra
(Humberto Gessinger)
Tф descendo a serra
Cego pela serraзгo
Salvo pela imagem
Pela imaginaзгo
De uma bailarina ao asfalto
Fazendo curvas sobre patins
To descendo a serra
Cego pela neblina
Vocк nem imagina
Como tem curvas essa estrada
Ela parece uma serpente morta
аs portas do paraнso
O inferno ficou para trбs
Com as luzes lб em cima
O cйyou nгo seria rima
Nem seria soluзгo
Um dia de cгo
Um mкs de cгes danados
Ordem no caos
Olhos nublados
Um cгo anda em cнrculos
Atrбs do prуprio rabo
Um dia de cгo
Um mкs de cгes danados
Ordem no caos
Olhos cansados
Nгo hб nada de novo
No ovo da serpente
й sempre a mesma stуria
(й tгo difнcil partir)
й sempre a mesma stуria
(й impossнvel ficar)
й sempre mais difнcil dizer adeus
Quando nгo hб nada mais pra se dizer
й muito mais difнcil dizer adeus
Quando nгo hб nada mais pra se dizer
Contribuiзгo:
Leandro Maciel
Lmaciel@rol. Com. Br
[ Lyrics from: http://www.lyricsty.com/engenheiros-do-hawaii-descendo-a-serra-lyrics.html ]