Pedro Abrunhosa — Barco Para A Afurada lyrics

Leva homens, poetas
E gente encantada,
Trocam beijos, piropos
Pedaos de nada.
Na margem espera
A pressa do dia,
Ficam presas em terra
As vidas vazias.
Atravessam soldados, amantes,
E velhos distantes
E loucos contentes,
Meninas de lbios cortantes
E olhares provocantes
Seduzem correntes.
Rasga o silncio da estrada
Rio madrugada,
Douro, marfim.
O Barco para a Afurada
Cidade cansada
To longe de mim.
Rezam padres discretos, selectos
E amores inquietos
Navegam o rio,
Mulheres de futuro cansado
Murmuram um fado,
Enganam o frio.
Sob a sombra da ponte,
Que a sombra do mundo,
Cada onda um canto
De um dia profundo,
E o piloto conduz
Mais do que as gentes que leva,
So os sonhos que esto
Ancorados em terra.
Refro
Tocam-se valsas
E roam as calas
Por entre dois passos de dana,
Despertam amores,
Esquecem-se as dores
Que o desejo ardente no cansa.
E solta-se o mar
A reboque dos sinos,
So os homens que o barco
Faz de novo meninos,
E acordam poemas
Libertos na voz,
Descobrem apenas
Que no esto ss.
Refro
...Barco que trago no peito,
Meu sonho desfeito,
Espera por mim.
Pedro Abrunhosa - Voz.
Arnaldo Fonseca - Acordeo
[ Lyrics from: http://www.lyricsty.com/pedro-abrunhosa-barco-para-a-afurada-lyrics.html ]

Songwriters: ABRUNHOSA, PEDRO MACHADO
Barco Para A Afurada lyrics © Universal Music Publishing Group