Pedro Abrunhosa — Estrada lyrics

Estrada fora estrada dentro, de Bayonne a Milгo,
Coraзгo ao relento, mundos e fundos na mгo.
Corpo negro macadame, de Milгo a Budapeste,
Voar, "chercher la femme", norte, sul, oeste, leste.
Polaroid, pфare do sol, vйnus na concha da Shell,
Sexo, sonho e rock'n'roll, noite branca no motel.

Anjo perdido na bruma, leva-me ao sйtimo cйyou,
Abre o teu manto de espuma, deixa cair o teu vйyou,
Deixa cair o teu vйyou, deixa cair o teu vйyou,
Deixa cair o teu vйyou...

Chuva, brйyou e gasolina, bar aberto, companhia,
Cheiro a erva na latrina, chб, cafй e fantasia.
Ultrapasso um camiгo, passo fronteira e portagem.
O йcran do alcatrгo devorou a tua imagem.
Estou tгo longe, estou tгo perto, sei que nunca
Hei-de chegar
Onde vou nгo sei ao certo, jб nгo posso mais parar.

Refrгo

Contigo leio o futuro nas gotas do pбra brisas,
Coraзгo inseguro, mгos vazias, indecisas.
Nйon pбlido, luar, Via Lбctea, solidгo,
Tenho ganas de beijar o espelho da escuridгo.
A grande roda da sorte й uma curva sem fim,
Do outro lado da morte hб uma estrada sу p'ra mim.

Refrгo (2x).
[ Lyrics from: http://www.lyricsty.com/pedro-abrunhosa-estrada-lyrics.html ]

Songwriters: ABRUNHOSA, PEDRO MACHADO / GUIMARAES, REGINA
Estrada lyrics © Universal Music Publishing Group