Raimundos — Rapante lyrics

(Raimundos)
Arrocho o jegue parto pra merma rotina
Jб sгo quatro da matina e eu tenho que me virar
Comendo a pedra eu desenvolvi a proteнna
Que nenhuma cocaнna dб a forзa que ela dб
Lб onde eu moro й onde ninguйm fica а toa
O rabo arranca e o peido avoa ninguйm para de cagб
Menina linda na parada de baъ
Se pego meio tocada acho que vou te torar фффuuu
A tal da pedra me faz virar noite e dia
Vou a pй atй a Bahia e nгo pбro pra descansar
E nгo ofende o aparelho digestivo
й sу um dispositivo que eu tenho pra falar
Sem ela eu nгo falo
Sem ela eu nгo me calo
Menina de Brasнlia ou de qualquer lugar
Ouзa o que o paraнba filha da puta aqui tem pra dizer
Menina ф
Parada de baъ
[ Lyrics from: http://www.lyricsty.com/raimundos-rapante-lyrics.html ]

Songwriters: ABRANTES, RODOLFO LEITE GONCALVES DE/CAMPOS, RODRIGO AGUIAR MADEIRA/PEREIRA, JOSE HENRIQUE CAMPOS/CASTRO, FREDERICO MELLO DE
Rapante lyrics © Warner/Chappell Music, Inc.