Skank — A Cerca lyrics

(Samuel Rosa/F. Furtado/Chico Amaral)
Fazendo cerca na Fazenda do Rosбrio
Resto de foco velho mandado pelo vigбrio
Meu camarada, eu moro aqui do lado
O terreno que tu cerca jб tб cercado
Nгo entendi a assertiva do compadre
Se й lei chama o doutor
Se й milagre chama o padre
Й muito simples, tu veja ali na frente
Tб vendo o laranjal, minha cerca passa rente
Que dia quente, tem feito muito calor
Daqui a pouco, meu vizinho vк um disco voador
Se visse atй pedia para descer
Quem sabe se um marciano
Consegue te esclarecer
Ф meu compadre, cк tб vendo assombraзгo
Cк num й advogado, cк num й tabeliгo
Nem por isso eu deixei de fazer o justo
Se o sujeito enxerga torto
O direito dб um susto
Tu cerca a terra, tu cerca atй o mundo
Entгo cerca tua filha, toda a noite aqui no fundo
Pois te conto um segredo
Cк num conta pra nimguйm
Andam vendo tua mulher
Com o dono do armazйm
Maledicкncia, eu jб tф acostumado
Atй dizem que o senhor й incapacitado
Eu tomo chuva, tomo ar puro de manhг
Minha saъde й de ferro, pergunte pra sua irmг
Nunca se estб a salvo da falaзгo alheia
Eis que um tipo parvo vem falar na minha oreia
Martelo prego, torniquete com serrote
Acerca de homem cego, quem tem vista dб o mote
Terequitem, ф pra cб vocк nгo vem
Terequitem, que eu conserto a ti tambйm
(Te prego um prego tambйm)
[ Lyrics from: http://www.lyricsty.com/skank-a-cerca-lyrics.html ]

Songwriters: FRANCISCO EDUARDO AMARAL, MARTIN CARDOZO, SAMUEL ROSA
A Cerca lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC