Xinapp — Peleja lyrics

Olha meu bem
Quem vem jantar
Também, eu sei
É a fome
De quem não tem nome

A aridez
Do que vive
Já não irriga seus sonhos
Seus sonhos

Vai à peleja
Pisando o chão
Tateando a vida
Indagando a direção
Tarde é o viver
Que já sofreu
Tanta privação

É o sufoco, o degredo
Que faz lançar ao céu
O olhar
Bradando perdão
De coisas que nunca fez

Vem ao jantar, se ilude
Com a usina de promessas
A cena é real
Mas está fechada
Para os bobos, para os tolos
Do banquete só os lobos se fartam

Olha, meu bem
Quem vem jantar
Também, eu sei
É a fome...
[ Lyrics from: http://www.lyricsty.com/xinapp-peleja-lyrics.html ]